Capela de Santa Cruz

Localizada no sítio do Calvário na cidade da Covilhã, a Capela de Santa Cruz é um pequeno templo também conhecido por Capela do Calvário. A sua construção ocorreu no século XV e deve-se à iniciativa do Infante D. Henrique. Seria restaurada alguns anos mais tarde por um dos filhos de D. Manuel I, o Infante D. Luís. Desde 1959 foi declarada Imóvel de Interesse Público.
Este modesto templo apresenta na fachada um alpendre avançado, assente em oito colunas e protegido por guardas de pedra. O portal desenvolve-se num desornamentado arco de volta perfeita, talhado em grossa cantaria. A empena termina em telhado triangular de duas águas. A capela desenha um retângulo e as suas paredes são compostas por pedras graníticas aparelhadas e rebocadas. Recuado, ao nível da cabeceira, é visível o campanário com arco de abertura para o sino, rematado por uma cruz latina ladeada por urnas pinaculares.
O interior é simples e possui um interessante revestimento em talha dourada do século XVI, coberto por um teto de caixotões com 35 pinturas alusivas à vida de Cristo. Destas somente sete conservam o seu desenho e colorido originais. Destaca-se ainda do seu interior uma imagem esculpida com a representação de Cristo crucificado.
Como referenciar: Capela de Santa Cruz in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 23:15:11]. Disponível na Internet: