Caracas


Aspetos Geográficos
Capital da Venezuela, Caracas situa-se no Norte do país, seguindo um vale apertado próximo do mar das Caraíbas, do qual se encontra separada por uma cadeia montanhosa (cerro Ávila). Possui um clima temperado e eleva-se até aos 900 metros de altitude. Possui cerca de 3 276 000 habitantes (2005).

História e Monumentos A cidade foi fundada em 1567 pelo explorador espanhol Diego de Losada com o nome de Santiago de Léon de Caracas. Nos anos que se seguiram a cidade desenvolveu-se, muito especialmente graças ao cultivo de cacau. No final do século XVIII, as sementes de independência foram germinadas e em 1811 foi assinada uma Declaração de Independência na cidade. No ano seguinte, Caracas foi destruída por um terramoto, o que foi interpretado pelas autoridades como um castigo divino pela rebelião contra a Coroa espanhola. Durante a primeira metade do século XX, a cidade desenvolveu-se bastante à custa da riqueza em petróleo do país. Nos anos 50, Caracas foi alvo de um programa intensivo de modernização que se prolongou durante as duas décadas seguintes. Esse desenvolvimento tornou-a, contudo, um polo de atração para as comunidades rurais que emigraram para a cidade de forma irrefletida e acabaram por criar os "ranchitos" (bairros de lata). Entre os seus principais monumentos, destacam-se o exuberante Capitólio Nacional, o Panteão Nacional (com a sua nave central inteiramente dedicada a Simón Bolívar, o herói nacional) e a Catedral de Caracas (fundada em 1594).

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Caracas é uma cidade de desigualdades, que cresceu de uma forma acentuada, mas desordenada e sem planeamento. É ao mesmo tempo moderna e possui focos de grande miséria. A nível urbanístico, é possível ter lado a lado uma pequena e humilde casa e um esplendoroso edifício ultramoderno. Entre os seus muitos locais de interesse, merece destaque a Cidade Universitária (declarada Património Mundial pela UNESCO em 2000); o Parque del Este, um paraíso verde no meio da cidade onde é possível apreciar animais e até uma réplica do navio "Santa Maria"; o Complexo Cultural Teresa Carreño; o Parque Central; ou a Praça Bolívar, com o inevitável monumento ao Libertador Simón Bolívar. A cidade possui muitos restaurantes, teatros, museus e centros comerciais, sendo também um grande foco de imigrantes, especialmente de Espanha, Itália, Portugal, Alemanha e China.

Economia
Apesar de possuir algumas indústrias na sua área metropolitana, Caracas tem uma atividade quase exclusivamente composta pelos serviços, servindo de sede para numerosas empresas deste ramo e também comerciais. É ainda sede da Bolsa de Valores de Caracas e da maior empresa do país, a Petróleos de Venezuela, que negoceia todos os acordos internacionais de distribuição e exportação de petróleo.
Como referenciar: Caracas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 16:34:30]. Disponível na Internet: