Caráceas

A família das Caráceas é constituída por poucos géneros em que os indivíduos possuem clorofila a e b, membranas celulósicas e amido. É uma família de algas verdes muito frágeis. Nunca têm o seu habitat na água salgada, vegetam em zonas bentónicas e formam pradarias submersas que alcançam, vulgarmente, mais de trinta centímetros de altura, quer em águas paradas quer em águas correntes.
Caracterizam-se pelo seu todo em forma de candelabro, constituído por nós e entrenós largos, ramificados ou verticilados e pela estrutura dos seus órgãos sexuais. Os oogónios são envolvidos por filamentos que se dispõem no interior de esferas ocas. Não se formam esporos e aparentemente nem existe alternância de gerações.
Estas plantas filamentosas contribuíram para a formação de rochas duras no desenvolvimento das idades geológicas, devido aos depósitos calcários de que muitas vezes se encontram incrustadas nas zonas internodiais centrais do talo.
Como referenciar: Porto Editora – Caráceas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-02 00:04:42]. Disponível em