caranguejo (simbologia)

Animal aquático e anfíbio, o caranguejo está associado às fases da lua e às orações pela chuva nos períodos de seca. Este animal faz parte da caracterização de signos de diferentes horóscopos, como é o caso do zodíaco e do horóscopo indiano, sempre situado após o solstício de verão. Associado às primeiras águas, é também um símbolo maternal por excelência.
Em África, na região de Benguela, acredita-se que o caranguejo foi, como a tartaruga, enviado pelo deus Sol para trazer a Terra do fundo do oceano. Na tradição dos Andaman, o seu primeiro homem, o correspondente ao Adão bíblico, afogou-se e transformou-se em caranguejo assim como a sua mulher, que o tentou salvar. Na arte machica africana, o caranguejo é representado na escultura como um símbolo do mal. Na Melanésia, o caranguejo vermelho foi responsável por dar a conhecer a magia aos seres humanos. Na China, o caranguejo é uma figura mítica queimada pelo sol, enquanto que no Sião está associado aos pedidos de chuva nos períodos de seca. No Camboja, sonhar com caranguejos é um sinal de boa sorte e de que os desejos serão realizados.
O caranguejo é considerado um símbolo lunar desde a Antiguidade clássica, figurando na carta do Tarot, a Lua. No horóscopo indiano, é o signo do solstício de verão e na China é chamado o signo da quinta hora do dia, sendo também neste local o caranguejo sinónimo de astúcia e inteligência. No zodíaco, o caranguejo é o quarto signo situado no solstício do verão e que tem como características a sensibilidade, a introspeção, a timidez e a força de vontade. Símbolo das primeiras águas do mundo, é também o símbolo maternal por excelência estando por isso associado à gestação, aos fetos, aos ovos, sementes e rebentos. Neste sentido matricial, está também ligado à mãe terra, no sentido de que ela abriga, protege e alimenta no seu interior como as grutas, cavernas e subsolo. Associado à lua, por ser este o planeta feminino e maternal por excelência, o signo do Caranguejo está muito próximo da infância e da maternidade e também, por arrastamento, do domínio da imaginação, do sonho, da fantasia e do romantismo. Segundo a tradição, o caranguejo é também o signo da mediação, da passagem e da reencarnação.

Como referenciar: caranguejo (simbologia) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-17 07:29:55]. Disponível na Internet: