Caranguejo

Constelação e quarto signo do Zodíaco, pertence ao elemento Água, assim como Escorpião e Peixes, e o seu período decorre de 21 de junho a 22 de julho. A Lua é a dona deste signo, que é representado por um caranguejo. É um dos quatros signos cardinais, juntamente com Carneiro, Balança e Capricórnio. É considerado o signo do sonho, ternura, imaginação e memória.
O signo, também designado Câncer, é representado pelo caranguejo que Hera, a rainha dos deuses gregos, enviou para ajudar Hidra, a serpente com sete cabeças, quando esta combatia Hércules. O caranguejo acabou por ser esmagado por Hércules, que também derrotou Hidra. Para homenagear a coragem do caranguejo, Hera transformou-o numa constelação.
Os nativos de Caranguejo são considerados criativos, emocionais, sensíveis, conservadores e caseiros e, paralelamente, amantes da vida em família e da segurança. O domínio lunar leva a que os caranguejos tenham habitualmente mudanças de humor.
Já a influência do elemento Água leva a que as pessoas deste signo deem mais importância ao que sentem do que ao que pensam.
São ainda considerados imaginativos, artísticos e com boa memória. A memória dos eventos do passado é utilizada para combater as incertezas do futuro.
O facto de compreenderem bastante bem as necessidades dos outros faz dos nativos de Caranguejo pessoas compreensivas e simpáticas, capazes de convencer quem os rodeia a fazer-lhes companhia. Por vezes, e dada a sua persistência nata, recorrem ao poder de cativar os outros para obterem aquilo que querem, tornando-se manipuladores. Por outro lado, para se protegerem são capazes de se fechar em si próprios até se sentirem seguros. São, por isso, considerados tímidos e misteriosos.
Podem também sentir dificuldade em ser objetivos e são facilmente atingidos pelas críticas externas, assim como tendem a preocupar-se em demasia. Contudo, protegem firmemente aqueles que amam e têm um forte instinto maternal, influência da Lua, considerada a grande mãe, a geradora da vida.
Como referenciar: Caranguejo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-29 01:20:00]. Disponível na Internet: