Carrazeda de Ansiães


Aspetos Geográficos
O concelho de Carrazeda de Ansiães, do distrito de Bragança, está localizado na extremidade mais a sudoeste do distrito e integra-se na região do Centro (NUT II) e em Dão-Lafões (NUT III). Está limitado a norte pelo concelho de Mirandela e pelo de Murça (distrito de Vila Real), a nordeste pelo de Vila Flor, a leste pelo de Torre de Moncorvo, a sul pelos de Vila Nova de Foz Coa (distrito da Guarda) e S. João da Pesqueira (distrito de Viseu), a sudoeste pelo de S. João da Pesqueira (distrito de Viseu) e a oeste pelo concelho de Alijó (distrito de Vila Real). Encontra-se situada numa área muito acidentada, no planalto de Carrazeda, e nos seus limites concelhios a sul e oeste encontram-se os vales profundos e apertados dos rios Douro e Tua, respetivamente.
Ocupa uma área de 279,3 km2, repartida por 19 freguesias: Amedo, Beira Grande, Belver, Carrazeda de Ansiães, Castanheira, Fonte Longa, Lavandeira, Linhares, Marzagão, Mogo de Malta, Parambos, Pereiros, Pinhal do Norte, Pombal, Ribalonga, Seixo de Ansiães, Selores, Vilarinho de Castanheira e Zedes. Em 2005, o concelho apresentava 7318 habitantes.
O natural ou habitante de Carrazeda de Ansiães denomina-se carrazedense.
O clima apresenta-se de verões muito quentes e invernos muito frios, onde é normal nevar.

História e Monumentos
Do património arquitetónico do concelho salientam-se: o dólmen da freguesia de Zedes; o elourinho (séc. XVII), a Igreja (séc. XVIII) e o Solar de Sampaio (séc. XVIII), na freguesia de Linhares; a Ponte das Olgas (medieval), na freguesia de Pereiros; a fraga pintada do Cachão da Rapa (era megalítica), na freguesia de Ribalonga; as Antas de Vilarinho (pré-história), na freguesia de Vilarinho de Castanheira; o pelourinho (séc. XVIII), a Fonte das Sereias e a Antiga Casa da Câmara (séc. XVIII), na freguesia de Carrazeda de Ansiães; o castelo (ruínas do séc. XII); as ruínas da Igreja de Ansiães ou Igreja de São Salvador de Ansiães (séc. XIII), o Pelourinho de Ansiães (séc. XIV) e a Igreja Paroquial de Santa Eufemia (séc. XVII), na freguesia da Lavandeira.

Tradições, Lendas e Curiosidades
O concelho tem como romarias municipais a Festa do Concelho, em que se reúnem todas as padroeiras do concelho, no último domingo de agosto, e a Festa da Lavandeira, mais conhecida por Festa da Marrã (carne de porco), no dia 16 de setembro. Tem também feira mensal nos dias 10, 20 e último de cada mês.
O concelho comemora o seu feriado municipal a 31 de agosto.
O artesanato típico é caracterizado pela cestaria de castanho, pela tanoaria e pela escultura, em madeira, para arte sacra.

Economia
O concelho tem como base económica a agropecuária. Cultivam-se a vinha, a maçã, a laranja, os cereais e a oliveira. Criam-se os gados suíno, caprino e ovino. A atividade industrial passa principalmente pela exploração do granito. O concelho tem a funcionar as Termas de S. Lourenço. Relacionados com o turismo estão a prática de desportos náuticos na barragem da Fonte Longa, o termalismo e a caça.
Como referenciar: Carrazeda de Ansiães in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-20 00:20:53]. Disponível na Internet: