CeBIT

A CeBIT começou por ser uma exposição industrial de "material de escritório" promovida pela empresa alemã Deutsh Messe e integrada na Feira Industrial de Hanôver, na Alemanha. As suas origens remontam a 1947 e desde então o seu sucesso aumenta de ano para ano. Assim, na década de 70, a Deutsh Messe, compreendendo o alcance do evento, decidiu alargar as instalações e mudou a sua designação para "CeBIT - Center for Office and Information Technology", continuando no entanto a integrar a Feira de Hanôver até meados da década de 80. Nessa altura, ocupava já o segundo lugar em número expositor no seio da feira em que estava integrada.
Em 1986, altura em que já eram muitos os expositores a ficar de fora devido à falta de espaço, teve lugar a primeira CeBIT totalmente autónoma - a CeBIT "Premier", que se tornou a primeira exposição plenamente autónoma. A partir dessa data, a CEBIT passou a ter lugar anualmente, sempre no mês de março, tendo-se tornado maior do que o certame que lhe deu origem.
A CeBIT é, no século XXI, uma referência, a nível mundial, no setor das telecomunicações. A feira conta com mais de oito mil expositores, originários de 60 países, que se distribuem por cerca de 430 mil metros quadrados de área coberta. A CeBIT está organizada em seis grandes áreas temáticas: "Tecnologias da informação", "Software", "Telecomunicações & redes", "Captura automática de dados, sistemas de visão & processamento de voz", "Soluções de engenharia das tecnologias da informação" e "Tecnologia de banca & serviços financeiros".
O público que visita a CeBIT, desde os mais ilustres fabricantes aos interessados pelas novas tecnologias, passando pelos grandes negociantes e revendedores, aumenta de ano para ano. A feira recebeu, na edição de 2001, mais de três centenas de milhar de visitantes.Neste evento internacional, que apresenta todos os anos as grandes novidades e tendências de mercado, é possível encontrar um pouco de tudo no que toca a materiais eletrónicos e de telecomunicações, desde máquinas de fax a equipamento PBX, de serviços de navegação a telemóveis de última geração.
A maior feira do mundo de eletrónica e telecomunicações também conta com a participação portuguesa. Na edição de 2001 da CeBIT de Hanôver, participaram 14 empresas e instituições portuguesas como a Idite-Minho, ligada ao Gabinete de Investigação da Universidade do Minho, a Edições JPG, a ATM, que produz máquinas de transações bancárias, e a Altitude.
O sucesso estrondoso deste evento levou os seus organizadores a realizar outros semelhantes noutros países como a CeBIT Asia, na China, que se tornou anual, "Blisim" e "AEF Tecnologie and broadcast", em Istambul, Turquia, e o "Now 2001", em Sydney, na Austrália.
Como referenciar: CeBIT in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 13:12:30]. Disponível na Internet: