cetona

As cetonas, tal como os aldeídos, são compostos orgânicos estruturalmente derivados dos hidrocarbonetos, substituindo, no mesmo carbono, dois átomos de hidrogénio por um átomo de oxigénio.
As cetonas obtêm-se por oxidação de um álcool secundário, no qual o grupo OH se une a um átomo de carbono situado no interior da cadeia.
O nome das cetonas obtém-se do nome dos hidrocarbonetos correspondentes, indicando a posição do grupo carbonilo por meio do sufixo ona. Contrariamente aos aldeídos, as cetonas não apresentam propriedades redutoras.
A mais importante das cetonas é a acetona (CH3COCH3), designada propanona segundo a IUPAC, International Union of Pure and Applied Chemistry. Esta é um líquido incolor, volátil, de cheiro característico, excelente solvente de plásticos, de vernizes e de gorduras, usando-se também na preparação de produtos orgânicos sintéticos como, por exemplo, o "perspex".
A acetona é também um produto metabólico pertencente ao conjunto dos corpos cetónicos. A concentração destes no sangue é normalmente baixa, mas, em certas situações (diabetes, jejum prolongado), os seus níveis no sangue aumentam.
Como referenciar: cetona in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-02-24 18:14:31]. Disponível na Internet: