Charles Ernest Overton

Biólogo inglês, Charles Ernest Overton nasceu a 25 de fevereiro de 1865, em Cheshire, e morreu a 27 de janeiro de 1933. Foi um dos primeiros investigadores na área das membranas celulares, tendo sido o autor da primeira teoria coerente sobre a constituição lipídica das membranas.
Enquanto desenvolvia a sua tese de doutoramento em Botânica, na Universidade de Zurique, Overton, ao tentar descobrir que tipo de substâncias eram rapidamente absorvidas pelas plantas, concluiu que a estrutura química dessas substâncias era o fator determinante que condicionava a capacidade de as tornar mais ou menos absorvíveis. Descobriu que substâncias apolares (cujas moléculas são insolúveis em água) eram afinal capazes de chegar rapidamente ao interior das células das plantas, contrariando a ideia, até aí difundida, que as membranas celulares eram impermeáveis a quase tudo exceto à água.
Os seus estudos sobre as propriedades osmóticas das células permitiram fundamentar os conceitos modernos acerca da função e do comportamento das membranas, nomeadamente a sua importância na área da anestesia, pois, segundo Overton, são as substâncias gasosas ou voláteis que induzem a anestesia, quando atravessam os lípidos que fazem parte da membrana celular.
Como referenciar: Porto Editora – Charles Ernest Overton na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-18 09:34:21]. Disponível em