Chipre

Geografia
País insular do mar Mediterrâneo. Situada na parte oriental do mar Mediterrâneo, a sul da Turquia e a oeste da Síria, a ilha de Chipre possui uma área de 9 250 km2, o que a torna na terceira maior ilha do Mediterrâneo. As principais cidades urbanos são Nicósia, a capital, com 200 700 habitantes (2004), Limassol (151 400 hab.) (2004) e Larnaca (48 900 hab.) (2004). O país encontra-se dividido em dois setores: a República de Chipre (cipriotas gregos), no Sul, e a República Turca do Norte de Chipre (cipriotas turcos).

Clima O clima é mediterrânico, mas apresenta variações de acordo com o relevo e a proximidade do mar. Nas montanhas, torna-se mais húmido e frio, chegando mesmo a nevar durante o inverno.

Economia
O Chipre tem uma economia baseada, sobretudo, no comércio e na indústria. O turismo proporciona ao país uma grande fonte de divisas. A agricultura desenvolveu-se graças à irrigação, o que permitiu a introdução dos citrinos, para além de já serem cultivados a batata, a uva, o milho, a cevada, a alfarroba e o tabaco. A indústria extrativa encontra-se bem desenvolvida e produz a pedra de cal, a marga, o gesso, o mármore, o asbesto, a pirite e o crómio. A indústria abrange a refinação de petróleo e a produção de materiais de construção, vinho, cerveja, calçado, vestuário e cigarros. Os produtos exportados são os artigos de vestuário, o calçado, a batata, os citrinos, a alfarroba e o tabaco. No setor cipriota grego, os principais parceiros comerciais são os Estados Unidos da América, o Reino Unido, a Grécia e a Bulgária; no setor cipriota turco, as trocas comerciais fazem-se maioritariamente com a Turquia.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita, (toneladas métricas,1999) é de 8,0.

População
A população é de 784 301 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 84,34 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 12,56%o e 7,68%o (2006). A esperança média de vida é de 77,82 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,891 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,886 (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 852 000 habitantes. As etnias principais do país são a grega, com 79%, e a turca, com 19%. As religiões com a maior expressão são a ortodoxa grega, com 76%, e a muçulmana, com 19%. As línguas oficiais são o grego e o turco.

História
Em 1191, durante uma cruzada à Terra Santa, o rei Ricardo I da Inglaterra conquistou a ilha e concedeu-a ao rei Guy de Lusignan de Jerusalém. Imediatamente foi criada uma monarquia feudal que se prolongou até à Idade Média. Algum tempo depois, os mercadores de Génova e de Veneza passaram a controlar o comércio da ilha até ao século XV, altura em que se tornou parte do Império Veneziano. Em 1573, os turcos otomanos tomaram Chipre e instauraram um arcebispado.
No início do século XIX começaram sérias revoltas na ilha. Em 1878, os britânicos assumiram o controlo do território, depois da autorização do sultão turco que continuou a ser o soberano do Chipre. Mas, com a Primeira Guerra Mundial, a Inglaterra anexou a ilha e, em 1915, ofereceu-a à Grécia. Em 1924, tornou-se uma colónia da coroa britânica. Depois da Segunda Guerra Mundial, surgiu um movimento grego cipriota que se acentuou com atos de terrorismo contra os opositores britânicos e cipriotas. Em 1960 o Chipre tornou-se independente, mas a violência continuou. Em 1974, a Guarda Nacional do Chipre levou a cabo um golpe de estado. As forças turcas invadiram o território e, um mês depois, passou a controlar o norte da ilha. Os cipriotas turcos formaram governo, embora apenas reconhecido pela Turquia, e a zona sul permaneceu sob o controlo grego. A partir de meados da década de 1980 iniciaram-se conversações acerca da reunificação, embora nunca tenham tido sucesso.
Chipre aderiu formalmente à União Europeia no dia 1 de maio de 2004 numa cerimónia realizada em Dublin.
Como referenciar: Chipre in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-16 17:11:10]. Disponível na Internet: