Chrissie Hynde

Cantora, guitarrista e compositora norte-americana, natural de Akron, no estado norte-americano de Ohio, Chrissie Hynde nasceu a 7 de setembro de 1951. Frequentou a Universidade de Kent State em inícios de 70, facto após o qual se mudou para Inglaterra. Começou por trabalhar em jornalismo musical no New Musical Express, para o qual escreveu até meados da década. Foi notória a influência que recebeu de bandas da nova cena punk britânica como os Sex Pistols e os The Clash, levando-a a formar o seu próprio grupo.
Em 1978, formou os Pretenders com Pete Farndon no baixo, James Honeyman-Scott na guitarra e Martin Chambers na bateria. Alguns dos seus álbuns tornaram-se autênticos clássicos do rock, tais como Pretenders (1980) ou Learning to Crawl (1984). Apesar das muitas alterações na formação da banda, algumas motivadas pela tragédia, Chrissie Hynde mostrou uma determinação inquebrantável na consolidação da sua música.
Durante uma digressão americana em 1980, Hynde conheceu Ray Davies (Kinks), com o qual iniciou um relacionamento amoroso. Em 1983, os Pretenders encerraram temporariamente a sua atividade, devido à morte do guitarrista e à gravidez de Chrissie Hynde, cuja filha, Natalie, nasceu em 1983. Em maio de 1984, Hynde casou-se com Jim Kerr, vocalista dos Simple Minds, de cujo relacionamento nasceu Yasmin.
Em 1985, a cantora participou no tema "I Got You Babe" dos UB40, uma versão do clássico de Sonny & Cher que constituiu estrondoso êxito em todo o mundo. Hynde haveria de repetir a experiência em 1988 com o tema "Breakfast in Bed", um original celebrizado por Dusty Springfield.
O seu casamento com Jim Kerr acabou em 1990. Em 1997 casou-se com o artista colombiano Lucho Brieva.
Em 1994 teve uma aparição na série televisiva Friends, interpretando a personagem Stephanie no episódio intitulado "The One with a Baby on the Bus".
Em fevereiro de 1999 Hynde participou no álbum-tributo a Gram Parsons, Return of the Grievous Angel, com o dueto com Emmylou Harris em "She". A 27 de maio do mesmo ano, recebeu o Prémio Ivor Novello pela sua contribuição para a música britânica. Em setembro participou no single de beneficência "It's Only Rock and Roll But I Like It" para o projeto The Children's Promise e, em dezembro, atuou no concerto de homenagem a Bob Marley, na Jamaica, intitulado One Love: All Star Tribute to Bob Marley.
Em janeiro de 2000 gravou um programa especial com Iggy Pop para a estação televisiva Canal Plus, no qual interpreta "I'm a Fool to Want You" e "I Wish You Love". Em fevereiro, Hynde conquistou o prémio Orville H. Gibson Guitar para Melhor Guitarrista Rock Feminina, suplantando as também nomeadas Alanis Morissette e Melissa Etheridge. Ainda em 2000 Chrissie Hynde surgiu ao lado do tenor italiano Alessandro Safina, na digressão Night of the Proms (cerca de 35 concertos em cinco países europeus, nos quais a pop encontra a música clássica), para cantar "Aria e Memoria / We'll Be Together". No mesmo ano, colaborou no álbum-tributo a Bruce Springsteen através da interpretação de "Nebraska" e no registo ao vivo de Neil Young, interpretando a canção "All Along the Watchtower".
Em 2001 gravou com Jeff Beck uma versão de "Mystery Train" de Little Junior's Blues Flames para o tributo de aniversário dos 50 anos da editora Sun Records.
Chrissie Hynde destacou-se pelas suas ações a favor da defesa dos animais, nomeadamente apoiando a organização PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), da qual é membro ativo. Em março de 2000, Hynde foi detida durante uma ação de protesto da PETA em que destruiu artigos de pele numa loja de marca em Manhattan.
Os Pretenders, depois de fases de grande êxito, tornaram-se uma banda menos dinâmica, graças ao envolvimento de Chrissie Hynde em diversas outras atividades, bem como à participação da cantora em trabalhos de outros artistas e espetáculos de homenagem. Ainda assim, o grupo editou em 2002 o disco Loose Screw, um fracasso de vendas, apesar da aceitação bastante razoável junto dos fãs.
Como referenciar: Chrissie Hynde in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-18 15:53:53]. Disponível na Internet: