Cinema Paraíso

Filme realizado por Giuseppe Tornatore em 1988 e protagonizado por Philippe Noiret e Salvatore Cascio, é uma das mais belas homenagens ao cinema enquanto arte. A ação passa-se numa pequena vila da Sicília e conta a história da amizade entre o jovem Salvatore e Alfredo, o projecionista local do Cinema Paraíso. Apaixonado pelo cinema, o jovem Salvatore aprende o ofício, substituindo Alfredo depois deste ficar cego após o negativo de um filme se incendiar em plena exibição. Com os conselhos de Alfredo, o jovem despertará para a vida adulta e abandonará a sua vila em direção a Roma, onde se torna um realizador conceituado. Regressará à Sicília para assistir ao funeral de Alfredo e à demolição do velho cinema, substituído por um parque de estacionamento. Este filme italiano venceu o Óscar para Melhor Filme Estrangeiro e o prémio especial do júri no Festival de Cannes. Contém uma das mais famosas cenas antológicas da história do cinema, quando o adulto Salvatore assiste à projeção de uma montagem de pequenos instantâneos fílmicos que haviam sido censurados pelo padre local e que Alfredo lhe deixara em testamento. Aliado ao êxito do filme está uma belíssima partitura de Ennio Morricone.
Como referenciar: Cinema Paraíso in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 06:04:20]. Disponível na Internet: