cloro

O cloro (Cl) é um elemento químico gasoso, não metálico que se encontra na forma molecular Cl2, pertencente ao grupo dos halogéneos, monovalente, de cor amarelo-esverdeada, cheiro penetrante, altamente tóxico e irritante da mucosa nasal, que se localiza no grupo 17 e período 3 da Tabela Periódica.
Este possui número atómico 17 e massa atómica 35,453.
O cloro foi descoberto em 1774, em Uppsala, na Suécia, pelo químico sueco Karl Wilhelm Scheele. O nome cloro deriva do grego chloros que significa verde-pálido.
Este elemento é muito abundante na Natureza e aparece sempre associado a metais, como, por exemplo, em forma de cloreto de sódio (NaCl) ou de carnalite (cloreto duplo de potássio e magnésio KMgCl3.6H2O).
A água do mar também possui cerca de 3,5% de cloreto de sódio.
O cloro é um dos elementos de maior reatividade que se combina com quase todos os outros elementos, com grande libertação de calor.
Obtém-se por oxidação do ácido clorídrico ou por eletrólise de soluções de cloreto de potássio ou de sódio. Durante este processo liberta-se cloro em grande quantidade como produto secundário da obtenção dos hidróxidos de sódio e potássio.
Esta eletrólise foi introduzida pela primeira vez em 1892.
Os compostos mais importantes de cloro são o cloreto de hidrogénio - também denominado ácido clorídrico (HCl), gás incolor, de cheiro penetrante, que se dissolve facilmente na água, e os quatro oxácidos do cloro: ácido hipocloroso (HClO), ácido cloroso (HClO2), ácido clórico (ClO2) e o ácido perclórico (HClO4).
O cloro é utilizado no fabrico do cloreto de cálcio e na síntese de muitos compostos orgânicos. Usa-se também na obtenção de bromo, para desestanhar a folha de flandres, como desinfetante, e no branqueamento de tecidos.
Como referenciar: cloro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-12 03:51:34]. Disponível na Internet: