cobra-capelo

Animal do filo dos cordados, da classe dos répteis, da ordem dos escamosos e da família dos Elapídeos constituída por cerca de duzentas espécies. Esta família inclui as serpentes mais venenosas. Têm os dentes inoculadores do veneno em posição anterior. Estes dentes são bastante curtos mas o veneno é virulento e atua sobre os centros nervosos paralisando-os. O olfato das cobras, em geral, situa-se na língua.
São especialmente abundantes na Austrália mas distribuem-se também pela América, desde o México à Argentina, África, Arábia e toda a Ásia tropical.
A cobra-capelo, Naja naja, também designada serpente-de-lunetas deve este nome ao desenho em forma de óculos que apresenta quando, excitada, abre as vértebras cervicais esticando lateralmente a pele do pescoço. Ao afastarem-se as escamas da anca, estas põem em evidência o citado desenho. A cobra-capelo possui cabeça grande e aplanada, coberta por escamas longas e simétricas.
Os olhos são de tamanho mediano e possuem pupila redonda. A cor base da cobertura do corpo é variável podendo ser de cor castanha, amarelada, cinzento-esverdeada ou negra, com ou sem bandas transversais de manchas escuras. O seu tamanho é de entre um metro e quarenta centímetros e os dois metros e vinte e cinco centímetros. Habita os limites dos bosques, terrenos com abundante vegetação herbácea e arbustiva. Tem atividade crepuscular e noturna.
Mata as suas presas, que são em geral roedores, pássaros e sáurios, com o potente veneno que inocula com os seus dentes estriados. São ovíparas e cada postura oscila entre os dez e trinta ovos. Da mesma maneira que o adulto que é irritável e à vista de um agressor levanta a parte anterior do corpo e segue com os olhos os movimentos do inimigo, os juvenis desde o instante em que eclodem do ovo já são capazes de erguer no ar a parte anterior do corpo.
Como referenciar: cobra-capelo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 14:45:03]. Disponível na Internet: