cobra-d'água

Animal do filo dos cordados, da classe dos répteis, da ordem dos escamosos e da família dos Colubrídeos constituída por cerca de mil e cem espécies.
A cobra-de-água (Natrix natrix), também conhecida por cobra-aquática-de-colar, vive em regiões de prados, bosques abertos, charnecas, baldios, charcos, rios e represas, em grande parte da Europa, incluindo Portugal onde se encontra de Norte a Sul.
Tem a cabeça comprida e bem diferenciada do tronco. Os olhos são grandes e dotados de pupila redonda. A coloração de fundo da zona superior do corpo é variável, podendo ser cinzenta, esverdeada ou negra. Em geral, no dorso e nos flancos apresenta de três a cinco séries de manchas escuras transversais. Em alguns exemplares estas manchas escuras podem unir-se formando-se anéis. Junto à nuca apresenta quase sempre duas tiras transversais claras, seguidas de duas manchas semilunares escuras dispostas em forma de colar, daí também a designação de cobra-aquática de colar. O ventre é axadrezado de cor branco e negro. É uma cobra terrestre e aquática com atividade diurna e pouco noturna. Alimenta-se de anfíbios, peixes, aves juvenis e pequenos mamíferos. Não é venenosa mas quando ameaçada sibila, incha e bate com o focinho. Ágil e veloz de movimentos, tem um carácter agressivo. Se se sente muito ameaçada simula-se morta ou expele o conteúdo da cloaca. Raramente morde. É a mais vulgar das cobras europeias. O tamanho da cobra-de-água oscila entre um metro e vinte centímetros e os dois metros. As fêmeas, maiores que os machos, são ovíparas pondo de oito a quarenta ovos, que obrigatoriamente têm de ser colocadas debaixo de detritos vegetais. Existem várias subespécies na Europa como a Natrix natrix helvética, a Natrix natrix natrix que vive na Europa central setentrional, a Natrix natrix pura que vive na Macedónia.
Como referenciar: cobra-d'água in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-17 18:29:36]. Disponível na Internet: