colónia (biologia)

Agregado de células, geralmente todas com origem na mesma célula inicial, que geralmente prolifera numa superfície sólida, sendo assim visível à vista desarmada.
Designa-se também por colónia o conjunto de indivíduos da mesma espécie vivendo em comum ou pelo menos com grande proximidade. Em certos casos, a colónia pode formar-se quando um indivíduo se divide repetidamente sem que os descendentes se separem, mantendo entre si ligações protoplasmáticas ou, se se separam, ficando envolvidos por uma substância gelatinosa que os aglutina ou reunidos por exosqueletos que podem apresentar formas diversas. Nos celenterados as colónias formam-se por gemulação a partir de um indivíduo inicial, mantendo-se os descendentes unidos formando um todo, como acontece nos celenterados, na formação de colónias de ascídeas, e nos briozoários.
Noutros casos, os indivíduos que constituem a população da colónia mantêm a sua independência física, beneficiando da vida em comum e vivendo associados. É o caso das abelhas, das formigas, das térmitas, etc.
Como referenciar: colónia (biologia) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 11:04:52]. Disponível na Internet: