cólquico

Designação vulgar de plantas herbáceas do género Colchicum e da família das Liliáceas.
As plantas do género Colchicum são vivazes e bolbosas, de bolbo sólido. As flores possuem perianto constituído por tépalas, ligadas inferiormente, formando um tubo bastante comprido. O ovário é súpero, trilocular, e o fruto é uma cápsula septicida, com numerosas sementes.
A espécie Colchicum lusitanum possui folhas lanceolado-oblongas, subagudas. O perianto é púrpuro-esbranquiçado, levemente axadrezado. A floração ocorre de setembro a novembro. A cápsula é oblonga. O cólquico Colchicum autumnale é uma planta tóxica, com escapo, caule que durante o ciclo vegetativo da planta só ocorre na altura da floração, uni ou trifloral. As folhas são lineares sublanceoladas e só aparecem depois da floração, que ocorre no fim do verão, princípio do outono. O perianto é róseo, hexâmero, capanulado-afunilado e estreito.
O cólquico é espontâneo em Portugal principalmente nas Beiras e Trás-os-Montes.
Os bolbos e sementes desta planta contêm um princípio ativo que é um alcaloide denominado colquicina. A colquicina é utilizada principalmente como antigutoso e analgésico. O alcaloide é utilizado no fabrico de substâncias medicinais e como estimulante de mutações nas plantas, sobretudo para provocar a poliploidia.
Como referenciar: cólquico in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 00:28:02]. Disponível na Internet: