Commodore 64

Criado inicialmente com o intuito de correr jogos com capacidade de síntese musical e gráficos de cores, este microcomputador foi bastante incrementado devido às suas capacidades de utilizar o sistema operativo CP/M. Para o seu tempo, o Commodore 64 possuía uma excelente qualidade gráfica e sonora. Na sua versão básica, o Commodore 64 possuía um processador de 8 bits, 64 Kbytes de memória RAM e 20 Kbytes de memória ROM, no entanto as suas capacidades de armazenamento poderiam sempre ser aumentadas através da utilização de um leitor/gravador de cassetes (digital datassete 1530) e de disquetes flexíveis de 5 ¼ (170 Kbytes por disquete). Permitia ainda a ligação a impressoras, joysticks, cartuchos funcionais (cartridge) para carregamento direto de aplicações, plotters, canetas óticas, etc. Este microcomputador dispunha de um teclado QWERTY de 66 teclas das quais 4 poderiam ser programáveis pelo utilizador, mas não dispunha de teclado numérico incorporado.
Devido ao seu desempenho e custo relativamente baixo, o Commodore 64 atingiu bastante popularidade nos anos 80 e não faltaram programas e publicações periódicas dedicadas exclusivamente a este aparelho.
Como referenciar: Commodore 64 in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 08:47:05]. Disponível na Internet: