comunidade pioneira

São espécies que conseguem fixar-se em zonas pobres em nutrientes (rochas nuas, dunas, lavas vulcânicas, etc.), sujeitas a grandes amplitudes térmicas e geralmente sob a influência de ventos. A fixação nestes ambientes das espécies pioneiras permite que as condições ambientais comecem a mudar. Geralmente são esporos de musgos e líquenes os primeiros a fixarem-se e a poderem germinar, e estes constituem exemplo de espécies pioneiras.
Como referenciar: comunidade pioneira in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-27 04:34:37]. Disponível na Internet: