condrite

O termo condrite refere-se ao surgimento de um processo inflamatório ao nível da cartilagem.
A origem da inflamação pode dever-se a causas diversas, como propensão hereditária, acidentes traumáticos ou processos infeciosos.
A condrite costal, também designada por síndroma de Tietze, atinge as cartilagens situadas entre as costelas e o esterno, na zona frontal da caixa torácica, provocando dor e edema localizado. A origem desta inflamação é desconhecida, podendo, no entanto, ser potenciada por situações de esforço físico, mudanças de temperatura e estados de ansiedade nervosa. Os sintomas variam, persistindo por meses ou anos, sendo, no entanto, a duração média de quatro a oito semanas. O tratamento limita-se à administração de anti-inflamatórios e de calor ou frio local, por forma a aliviar a dor, desaparecendo a condrite espontaneamente. A artrite é uma inflamação das cartilagens articulares, as quais atuam diminuindo o atrito entre os ossos e amortecendo os choques.
A origem de um quadro artrítico é variável, podendo resultar de doenças autoimunes, traumatismos ou infeções. A identificação de alguns genes relacionados com este processo permitiu destacar o papel da herança genética, em conjugação com fatores externos, no surgimento da artrite. Embora o mecanismo exato de desencadeamento seja pouco conhecido, investigações diversas sugerem o envolvimento dos linfócitos T na patologia.
A artrite afeta principalmente o sexo feminino Pode surgir desde a infância, embora ocorra com maior incidência por volta dos 40 anos de idade. Surge de um modo lento e progressivo, iniciando-se, geralmente, nas articulações dos dedos. Frequentemente, surge de uma forma simétrica, comprometendo as mesmas estruturas das duas metades do corpo, em simultâneo.
A inflamação assume uma forma crónica, devido à incapacidade do sistema imunitário em debelar a reação inflamatória. As formas agudas, severa e rapidamente limitantes, são pouco frequentes.
Da mesma forma que os outros tipos de condrites, não existe cura direta para a artrite, sendo o tratamento focado nos sintomas (dor e edema, principalmente), com base na administração de anti-inflamatórios. É importante evitar a sobrecarga articular, sendo, no entanto, benéfica a realização de exercícios moderados e fisioterapia, por forma a manter a mobilidade articular e o tónus muscular.

Como referenciar: condrite in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-24 05:33:43]. Disponível na Internet: