Conversas em Família

Programa televisivo, estreado na RTP a 8 de janeiro de 1969, da responsabilidade de Marcello Caetano. Numa altura em que o Estado Novo se encontrava já fragilizado, o então presidente do Conselho decidiu, 2.º o parecer de Ramiro Valadão, homem forte da RTP, comunicar com o povo via televisão, contando-lhe os factos do seu ponto de vista e, assim, desfazer boatos. Num dispositivo de conversa unívoca, sem intermediações, Caetano pretendia dar um ar de modernidade ao sistema político, enquanto doutrinava as pessoas. Num estilo que oscilava entre o professoral e o coloquial, Marcello explicava as opções políticas do regime e falava das "ciclópicas tarefas" que existiam pela frente. Na 16.ª e última emissão, a 28 de março de 1974, surgiu num tom amargo como que a adivinhar o fim próximo, falando do triste episódio da sublevação militar das Caldas da Rainha e do mundo selvagem em que se vivia. Foi aqui usado pela primeira vez um teleponto na televisão portuguesa.
Como referenciar: Conversas em Família in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-19 23:06:52]. Disponível na Internet: