coqueiro

Designação comum de plantas do género Cocos e da família das Arecáceas, cultivadas nas zonas litorais das regiões tropicais.
As plantas da espécie Cocos nucifera são originárias das ilhas da Polinésia e do Sudeste Asiático.
São plantas monoicas, de espique simples, caule robusto, que podem atingir os 25 metros de altura.
As folhas são penatissetas com segmentos regularmente dispostos.
As flores são unissexuais, agrupadas em fascículos de três, com perianto de cor creme. As flores centrais femininas têm óvario trilocular e as laterais masculinas possuem estames dispostos em espádices axilares interfoliáceos.
O fruto é grande monospérmico e drupáceo. O mesocarpo é fibroso e o endocarpósseo tem três poros.
Os coqueiros são plantas economicamente importantes, utilizando-se todas as suas partes em numerosos fins. Por exemplo, as fibras do mesocarpo constituem o cairo, a amêndoa da semente antes da maturação contém um líquido denominado água-de-coco e o albúmen gelatinoso é muito utilizado na alimentação. Quando madura a amêndoa da semente é muito rica em substâncias gordas, espremida e misturada com água origina o leite-de-coco; enquanto fresca, depois de ralada, é utilizada em pastelaria e quando sujeita a secagem constitui a copra.
Como referenciar: Porto Editora – coqueiro na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-09 05:31:36]. Disponível em