Artigos de apoio

Corn Laws

Conjunto de leis protecionistas que regulamentavam a importação e exportação de cereais na Grã-Bretanha. Iniciam-se por volta do século XIV e extinguem-se no século XIX. Esta preocupação pela estabilidade dos preços revelou-se principalmente em finais do século XVIII e princípios do século XIX, quando foram tomadas uma série de medidas protecionistas. Contudo, os preços continuaram a subir devido à especulação dos produtores e terratenentes que se aproveitaram de uma conjuntura de guerra. Estas leis eram contestadas por favorecerem os proprietários, surgindo, em 1839, uma liga Anti-Corn Law, sediada em Manchester. É neste contexto que, em 1846, Robert Peel, ministro da Rainha Vitória, promulga a abolição das Corn Laws, o que suscita a agitação entre os Conservadores, levando-o a abdicar. Este ato significou a afirmação da crença vitoriana no livre-cambismo. Apesar dos prognósticos, a agricultura inglesa não decaiu. O seu declínio só se veio a verificar na década de 70, quando a abertura dos caminhos de ferro americanos permitiu o escoamento dos cereais do interior do país.
Como referenciar: Corn Laws in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-07-22 13:58:36]. Disponível na Internet: