Corte Imperial

Obra anónima do século XIV, conservada na Biblioteca Pública Municipal do Porto. Integrando a literatura apologética, este texto alegórico, que recebe a influência de Raimundo Lulo e Nicolau de Lyra, coloca em cena, na corte celestial, diante de Jesus Cristo Imperador, a Igreja Militante, a Igreja Triunfante, gentios, judeus, muçulmanos, cristãos, numa discussão perpassada por argumentos teológicos e filosóficos.
Como referenciar: Porto Editora – Corte Imperial na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-27 14:54:58]. Disponível em