Cortes de Tomar

Cortes convocadas em 1581. Após a sua realização, Filipe II de Espanha foi reconhecido como rei de Portugal, com o título de Filipe I, tendo-lhe sido prestado juramento pelas vilas e cidades portuguesas, com exceção das dos Açores. Assim teve consagração institucional o Domínio Filipino, que se entenderia até 1640.
Como referenciar: Cortes de Tomar in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 00:55:30]. Disponível na Internet: