Costa do Marfim

Geografia
País da África Ocidental. Situado na margem setentrional do golfo da Guiné, tem uma superfície de 322 460 km2. Encontra-se limitado pela Libéria, a sudoeste, pela Guiné (Conakri), a noroeste, pelo Mali e pelo Burkina Faso, a norte, pelo Gana, a leste, e pelo golfo da Guiné, a sul. As maiores cidades são Abidjan (2 700 000 hab.), Bouaké (330 000 hab.) e Daloa (122 000 hab.). Yamoussoukro é a capital do país.

Clima O clima é do tipo tropical de monção, a sul, passando progressivamente a tropical seco à medida que se caminha para norte. No Norte, mais seco, a estação das chuvas ocorre entre dezembro e fevereiro.

Economia
A economia da Costa do Marfim baseia-se na agricultura de tipo plantação. De facto, o país tornou-se num dos maiores produtores mundiais de cacau e de café, para além de também cultivar algodão, borracha, inhame, cana-de-açúcar, mandioca, banana, ananás, arroz, milho e coco. O desenvolvimento das produções agrícolas tem sido feito à custa do derrube da floresta, o que, num futuro relativamente próximo, poderá por em causa o equilíbrio ambiental desta área e a própria economia do país. A indústria extrativa apenas oferece algumas quantidades de diamantes. Nos recursos energéticos, o petróleo representa uma importante fonte de receitas para o país. Os principais parceiros comerciais do país são a França, a Nigéria, a Holanda e a Alemanha.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita, (toneladas métricas,1999) é de 0,8.

População
A população é de 17 654 843 habitantes (est. 2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 53,64 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 35,11%o e 14,84%o. A esperança média de vida é de 48,82 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,396 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,376 (2001). As principais etnias são a Bété, a Sénufo, a Baulé, a Anui, a Malinké, a Dan e a Lobi. A nível religioso, predomina o islamismo, com 40%, seguido do catolicismo (22%), do animismo (19%) e do protestantismo (5%). A língua oficial é o francês.

História
Os Portugueses estabeleceram, a partir do séc. XV, os primeiros contactos com os povos da região. No final do séc. XVII, chegam missionários franceses, numa altura em que o tráfico de escravos se intensificava. No séc. XIX, a França estabelece feitorias fortificadas, passando o território mais tarde para o domínio colonial francês. A sua independência foi proclamada em 1960. Com um alinhamento político pró-ocidental, a Costa do Marfim esteve também em foco na década de 1970, ao tentar intervir pela via das negociações na resolução do apartheid na África do Sul. Em 1985, recebeu a visita do papa João Paulo II.
Como referenciar: Costa do Marfim in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-21 09:37:22]. Disponível na Internet: