crédito bancário

As operações de crédito são levadas a cabo pelas chamadas instituições financeiras.
Podem-se definir vários tipos de crédito, de acordo com vários critérios. Se nos orientarmos pelo prazo da operação de crédito, ela será de longo (por exemplo, um empréstimo por obrigações ou em regime de leilão), de médio ou de curto prazo (como é o caso do crédito em conta-corrente ou do factoring).
Mas se o critério for o da forma da operação, existirão aceites de títulos, descontos de títulos (de letras ou de livranças, por exemplo), créditos a descoberto (overdrafts), crédito hipotecário, etc.
A política de concessão de crédito é, em qualquer país e em todos os sistemas económicos, uma das políticas de que os governos lançam mão para atingirem os seus objetivos de desempenho económico. Em concreto, um dos principais instrumentos de combate da inflação é a restrição do crédito, estratégia que provoca uma diminuição da massa monetária em circulação. Tal pode ser efetuado através de imposições diretas à banca, do aumento das reservas obrigatórias e de operações de open-market, entre outras medidas. Ações inversas serão tomadas no caso de ser pretendida uma expansão da economia. De facto, através de um aumento do montante de crédito concedido, estimula-se a economia, as empresas investirão mais e os preços tenderão a subir, em virtude do aumento da procura agregada.
Como referenciar: crédito bancário in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 05:44:41]. Disponível na Internet: