cronologia relativa

Determinação da sequência dos acontecimentos com base na anterioridade ou sequencialidade de determinadas formações geológicas. A cronologia relativa não permite determinar o tempo exato em que determinado acontecimento ocorreu, indicando apenas que esse fenómeno foi antecedido por um e seguido por outro.
Nicolau Steno, cientista dinamarquês do século XVII, foi o primeiro a relacionar a sequência dos acontecimentos com os estratos sedimentares. A este geólogo se devem alguns princípios importantes para determinação das idades relativas: princípio da horizontalidade original, princípio da identidade paleontológica, princípio da relação intrusão-fratura, princípio das causas atuais e princípio do sincronismo.
Como referenciar: Porto Editora – cronologia relativa na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-03 20:18:50]. Disponível em