Curtis Mayfield

Cantor, compositor e guitarrista de talento, nasceu a 3 de junho de 1942, em Chicago, Illinois, nos EUA.
Fortemente influenciado pelo gospel, Curtis juntou-se aos Roosters, um quinteto de Chicago, em 1957, para desempenhar a função de guitarrista. Mais tarde, o grupo mudou a denominação para The Impressions, assumindo-se como um dos principais grupos soul dos anos 60, cujo maior êxito foi "For Your Precious Love" (1958). Após a saída do vocalista Jerry Butler, Curtis ocupou a liderança da banda, tendo sido um dos primeiros artistas a defender o orgulho afro-americano e a luta pela autodeterminação da comunidade negra. Nesta nova fase do grupo, os temas "Gypsy Woman" (1961) e "It's All Right" (1963) atingiram grande sucesso.
Como compositor e produtor, foi determinante na afirmação da soul de Chicago, colaborando com cantores como Gene Chandler, Jerry Butler, Major Lance, e Billy Butler. Iniciou carreira a solo em 1970 com o tema "Move On Up" e tornou-se pioneiro do funk com o álbum homónimo de estreia. Singles como "(Don't Worry) If There's a Hell Below, We're All Gonna Go", confirmaram um realismo nas suas letras, raramente observado na altura. O maior sucesso da sua carreira foi a banda sonora de Superfly (1972), filme que expôs as dificuldades da comunidade negra. O disco conquistou quatro prémios Grammy.
A sua restante produção musical durante os anos 70 não atingiu o brilhantismo de Superfly, apesar de sucessos como "Kung Fu", "Something To Believe In", "So In Love", e "Only You Babe". A década de 80 confirmou o declínio da sua longa carreira.
Em 1990, regressou com "Superfly 1990", que incluiu a colaboração do rapper Ice T. A 14 de agosto desse mesmo ano foi atingido pela queda da estrutura de luzes num concerto em Brooklyn, Nova Iorque, deixando-o tetraplégico. Em meados da década de 90, surgiram dois álbuns de tributo a Curtis Mayfield, que incluíram contribuições de artistas como Eric Clapton, Bruce Springsteen, e Gladys Night. Em 1996, teve um regresso corajoso com a edição do álbum New World Order.
Faleceu a 26 de dezembro de 1999.
Nos últimos anos têm sido sucessivamente editadas algumas compilações do trabalho de Curtis Mayfield, destacando-se Move On Up: The Singles Anthology (2000), Got Soul: 1960-1973 (2001) e The Essentials (2002).
Como referenciar: Curtis Mayfield in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-05-31 00:25:30]. Disponível na Internet: