D. António Ribeiro

Sacerdote português, nasceu em 21 de maio de 1928, em Celorico de Basto. Após ter estudado no seminário de Braga, foi ordenado sacerdote em 1953. Nesse ano seguiu para a Universidade Gregoriana de Roma, onde se doutorou em Teologia em 1959.
No período compreendido entre 1959 e 1967 apresentou dois programas televisivos na RTP, intitulados Encruzilhadas da Vida e Dia do Senhor, que o tornaram conhecido do grande público. Entre 1964 e 1967 foi professor de Filosofia Social, Filosofia Moral e Psicologia Social na Universidade Técnica de Lisboa. Em 1967 foi eleito bispo titular de Tigilava e auxiliar do arcebispo de Braga. Entre 1968 e 1971 ocupou o cargo de presidente da Comissão Episcopal dos Meios de Comunicação Social, função que acumulou com a de auxiliar do cardeal-patriarca de Lisboa. Em 1971 foi nomeado ele próprio cardeal-patriarca de Lisboa, sendo o 15.o titular do cargo.
Além de ter presidido a várias instituições da Igreja Católica no nosso país, foi nomeado pelo papa João Paulo II seu enviado especial em diversas circunstâncias. Na Santa Sé, era membro da Congregação da Educação Católica, da Congregação do Clero e do Conselho Pontifício da Cultura. Além da sua tese de doutoramento, publicou ainda outras obras, sobre temáticas religiosas e filosóficas.
D. António Ribeiro faleceu em março de 1998, tendo sido declarado dia de luto nacional o dia das suas exéquias.
Como referenciar: D. António Ribeiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-26 21:16:27]. Disponível na Internet: