D. Estêvão da Gama

Figura da História portuguesa, nasceu em data incerta, presumivelmente em 1505, e morreu em 1575. Filho de D. Vasco da Gama e de D. Catarina de Ataíde, foi com o pai para a Índia e desempenhou na altura o cargo de capitão-mor.
Substituiu o irmão, Paulo da Gama, como capitão de Malaca, em 1538, tendo de 1534 a esta data servido sob suas ordens. Em 1540 foi designado pelo rei governador da Índia, pois tinha provado o seu valor no desempenho do cargo anterior, afugentando os inimigos. Não deixou de fazer o mesmo quando se tornou governador, tendo efetuado uma campanha (não muito bem sucedida) em 1541 contra a esquadra do paxá do Egito. Esta encontrava-se em Suez, preparando-se para atacar os domínios portugueses na Índia.
Depois de deixar este cargo, dois anos após a nomeação, voltou para Portugal e depois rumou a Veneza, melindrado com o rei por o querer obrigar a um casamento indesejado. Quando voltou, passado algum tempo, foi indicado para o lugar de governador de Lisboa, tendo declinado o convite para ser novamente governador da Índia.
Como referenciar: D. Estêvão da Gama in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 11:13:07]. Disponível na Internet: