D. Fernando de Castro

Escritor e militar, nasceu em Évora, no século XVI, filho de Gaspar de Castro. Dos seus escritos apenas sobreviveram dois, que se encontram no colégio jesuíta de Évora. O ponto mais alto da sua carreira militar foi a capitania de Chaúl, tendo criado na vizinha Baçaim um colégio jesuíta.
A produção literária a que se dedicou depois de tornar a Portugal foi incinerada por si próprio e pelo seu irmão, D. João, a seu pedido, uma vez que estava insatisfeito com o que tinha escrito.
Desconhece-se a data exata da sua morte.
Como referenciar: D. Fernando de Castro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 05:41:43]. Disponível na Internet: