D. Maria

Filha de D. Isabel de Castela e de D. Fernando de Aragão, os Reis Católicos de Espanha, nasceu em Córdova em 1482.
Em agosto de 1500 casou por procuração com o rei D. Manuel I, que tinha sido casado com a sua irmã Isabel até esta morrer em 1498. A 30 de outubro de 1500 acabaria por se casar pessoalmente com o rei em Alcácer do Sal.
Foi uma rainha quase sempre afastada da política, preferindo dedicar-se a proteger e ajudar as viúvas e os órfãos.
Educou rigorosamente os seus filhos, que foram nove: João (futuro D. João III), Isabel (que se casou com o imperador Carlos V), Beatriz (que casou com o duque Carlos III de Saboia), Luís (pai de D. António I), Fernando (duque da Guarda), Afonso (cardeal e arcebispo de Lisboa), Henrique (que seria regente como cardeal rei), e Duarte (pai de D. Catarina, que em 1580, na crise de sucessão, foi pretendente ao trono de Portugal). Morreu em 1517, uns meses depois de dar à luz o último filho, o décimo, cujo nascimento a enfraqueceu.
Como referenciar: D. Maria in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-18 20:37:56]. Disponível na Internet: