D. Sebastião

Poema de forte significado político e nacionalista, eivado de Messianismo, que aborda o mito do regresso do rei Desejado, destinado a resgatar a nação portuguesa da sua decadência: "E, então, torneando a Nau, ansiosamente,/ No castelo da ré (visão fatal)/ Ao fulgor do luar fosforescente/ O Peregrino, pálido e tremente,/ Leu em sumidas letras: - Portugal!...".
Como referenciar: Porto Editora – D. Sebastião na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-23 18:31:16]. Disponível em