D. Teresa

Filha ilegítima de D. Afonso VI de Leão, Castela e Galiza, desconhece-se a sua data de nascimento, sabendo-se apenas que morreu em 1130. Tornou-se esposa de D. Henrique de Borgonha, sendo-lhes entregue o Condado Portucalense (1095). Após a morte de D. Henrique em 1112, e na menoridade de seu filho D. Afonso Henriques, D. Teresa ficou à frente dos destinos do Condado. Influenciada pela família Peres de Trava, tentou prosseguir com a política de independência face a Leão e com o alargamento do território. Em desacordo com sua mãe, o infante armou-se a si próprio cavaleiro e, em 1128, derrotou as forças de D. Teresa na Batalha de S. Mamede, após o que ela se refugiou na Galiza.
Como referenciar: Porto Editora – D. Teresa na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-17 01:39:07]. Disponível em