Danièle Sallenave

Escritora francesa, nascida em 1940, em Angers, conquistou em 1980 o Prémio Renaudot, um dos mais importantes galardões literários do seu país, com o romance Les Portes de Gubbio.
Em 2002 lançou D'Amour (De Amor, na edição portuguesa, de 2005), um romance sobre o suicídio, baseado em experiências pessoais, que foi um grande sucesso de crítica e de vendas em França. Uma das personagens já havia entrado num romance anterior da autora, La Vie Fantôme, de 1986.
Danièle Sallenave, entre romances e ensaios, escreveu obras como Le Don des Morts, Paysage de Ruins avec Personnage e Carnet de Route en Palestine Occupé.
Foi uma das fundadoras, em 1973, da revista Diagraphe e destacou-se também como tradutora de italiano para francês.
Como referenciar: Danièle Sallenave in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-09 09:33:05]. Disponível na Internet: