Danny Elfman

Compositor musical, Daniel Robert Elfman nasceu a 29 de maio de 1953, em Amarillo, no Texas. Filho de um professor e de uma escritora de livros infantis, cresceu em Los Angeles e só nos anos 70 descobriu o seu talento e vocação para a música. Nessa altura, juntamente com o seu irmão Richard (realizador de cinema), criou uma trupe musical em Paris.
Em 1980, estreou-se na composição musical para cinema e atuou para o primeiro filme do seu irmão intitulado Forbidden Zone, um bizarro musical de ficção científica, para o qual fundaram o grupo Mystic Knights of Oingo-Boingo. Adquirindo posteriormente o nome Oingo Boingo, o grupo manteve-se após o filme e tornou-se num caso de culto, tendo-se extinguido em 1995. Em 1984, lançou um álbum a solo intitulado So-Lo, com a participação de vários membros do grupo Oingo Boingo.
Mais tarde, criou amizade com o realizador Tim Burton, que já era fã do grupo Oingo Boingo e, em 1985, começou a parceria Elfman-Burton com Pee-wee's Big Adventure, que o deu a conhecer ao público internacional e que lhe abriu portas a novas oportunidades. Elfman trabalhou igualmente em televisão, tendo composto várias músicas para séries e criado o famoso e conhecidíssimo tema principal da série de animação The Simpsons (Os Simpsons, 1989), pelo qual recebeu nomeação para o Emmy de Melhor Música.
A colaboração criativa e produtiva com Burton continuou com Beetle Juice (Os Fantasmas Divertem-se, 1988); Batman (1989), pelo qual foi nomeado para um Grammy; Edward Scissorhands (Eduardo Mãos de Tesoura, 1990); Batman Returns (Batman Regressa, 1992); Mars Attacks! (Marte Ataca!, 1996); Sleepy Hollow (A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, 1999) e Big Fish (O Grande Peixe, 2003), que lhe valeu a nomeação para o Óscar de Melhor Banda Sonora Original e a nomeação para o Globo de Ouro.
Em 1993, compôs a música do filme de animação Nightmare Before Christmas (O Estranho Mundo de Jack) e emprestou a sua voz à personagem principal, Jack Skellington. Foi nomeado para o Globo de Ouro de Melhor Banda Sonora por esse filme.
É extensa a lista de filmes relevantes na sua carreira para além da referida parceria: Dick Tracy, de Warren Beatty, e Darkman (Vingança Sem Rosto), de Sam Raimi, ambos de 1990; Sommersby (O Regresso de Um Estranho, 1993), de Jon Amiel; To Die For (Disposta a Tudo, 1995), de Gus Van Sant, com quem voltaria a trabalhar em Good Will Hunting (O Bom Rebelde, 1997), que recebeu a sua primeira nomeação para o Óscar de Melhor Banda Sonora. Ainda nesse ano, voltaria a ser nomeado para a mesma categoria pelo filme Men in Black (Homens de Negro). Outros filmes em que o seu trabalho foi memorável: Mission: Impossible (Missão Impossível, 1996); A Simple Plan (O Plano, 1998); Spider-Man (Homem-Aranha, 2002) e Hulk (2003).
Como referenciar: Danny Elfman in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-16 23:36:42]. Disponível na Internet: