Declaração da Independência dos EUA

Este documento proclamou a independência das 13 colónias norte-americanas e foi adotado pelo Congresso Continental a 4 de julho de 1776. Esta declaração exprimia os descontentamentos dos colonos face à Coroa britânica e declarava as colónias estados livres e independentes.
A proclamação da independência marcou o fim de um processo político que começara com os protestos em reação das restrições impostas pela metrópole relativamente ao comércio colonial, às manufaturas e à liberdade política que evoluiu para um movimento revolucionário resultante na criação de uma nova nação.
A filosofia política enunciada nesta declaração teve uma grande repercussão a nível mundial. Ela foi a fonte inspiradora da Bill of rights da Constituição dos Estados Unidos e influenciou a Declaração dos Direitos e dos Cidadãos, surgida na Assembleia Nacional Francesa, durante a Revolução de 1789. E no século XIX os seus princípios encontram-se com muita frequência entre os manifestos revolucionários de povos europeus e americanos que lutavam pela sua independência.

Como referenciar: Declaração da Independência dos EUA in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 22:04:26]. Disponível na Internet: