Despedidas do verão

Antologia poética coligida por Joaquim de Araújo e antecedida de um prefácio de Teófilo Braga, onde este crítico chama a atenção para o papel desempenhado por João de Deus na evolução da poesia lírica moderna em Portugal: "os ruídos passam, esquecem-se, e os versos de João de Deus ouvem-se por cima dos coros tempestuosos, na sua limpidez de melodia matinal, imperturbável como uma voz da natureza".

O volume reúne composições de carácter religioso ("Maria", "Loas à Virgem", "Cristo") e de inspiração humanitária ("Velho operário", "Miséria", "Enjeitadinha"), que não destoam das primeiras, pelo tom piedoso e melancólico.
Como referenciar: Despedidas do verão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 13:44:19]. Disponível na Internet: