Die Brücke

Die Brücke (A Ponte) é uma associação artística formada em 1905, em Dresden, que marca o início da arte moderna na Alemanha. Fundada por Ernst-Ludwig Kirchner, Karl Schmidt-Rottluff, Fritz Bleyl e Erich Heckel (que na altura eram ainda estudantes), aos quais se juntaram mais tarde, entre outros, os artistas Emil Nolde e Max Pechstein. Artistas de outros países, como o austríaco Oscar Kokoshka, estiveram também ligados a este movimento embora não o integrassem.
O Die Brücke pretendia promover o interesse pela arte avançada, rejeitando a tradição académica e naturalista, o impressionismo berlinense e a Arte Nova. Tal como o seu nome indica, pretendia constituir uma ponte para o desenvolvimento da arte na sua relação com a vida moderna, para o que procurou atrair todos os artistas com interesses vanguardistas. Sofreu influência direta do movimento fauvista, da obra dos pintores franceses Vincent Van Gogh e Paul Gauguin e também de Munch, de Ensor e de Roualt.
Durante um primeiro período (1905-1911), este movimento esteve sedeado em Dresden e as suas reuniões efetuavam-se no atelier de Kirchner. Esta fase foi marcada pela precariedade dos meios materiais mas, ao mesmo tempo, por um clima de forte motivação e de intensidade criativa. Desde 1905, o grupo organizou exposições, entre as quais se destacam as grandes exposições de 1906 e de 1910. Embora não existisse um programa ou uma orientação estética única, verifica-se a existência de alguns pontos comuns entre o trabalhos dos vários artistas, como a tentativa de transposição para a pintura, de forma direta e primitiva (através de um cromatismo violento), de todo um conjunto de emoções e de sentimentos determinados pela realidade social, política e religiosa da altura.
Em 1910 o grupo instalou-se em Berlim, cidade que se transforma no centro da vida artística na Alemanha. Neste período torna-se mais evidente a influência do Cubismo e do Futurismo. Em 1913, nas vésperas da Primeira Guerra Mundial, o movimento dissolveu-se oficialmente.
Como referenciar: Die Brücke in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-05-09 09:33:32]. Disponível na Internet: