dimorfismo sexual

Existência, para a mesma espécie, de duas formas distintas (macho e fêmea). O dimorfismo pode estar ligado ao sexo, às condições ambientais, à alternância de gerações, etc.
No caso de dimorfismo sexual, as diferenças da morfologia dos indivíduos da mesma espécie (macho e fêmea) são tão acentuadas que exemplares de sexo diferente da mesma espécie foram classificados como pertencendo a géneros diferentes. O dimorfismo sexual tanto se verifica em espécies animais como em espécies vegetais.
Como referenciar: Porto Editora – dimorfismo sexual na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-19 19:08:54]. Disponível em