Diogo Homem

Filho de Lopo Homem e seu aluno, foi um cartógrafo que viveu no século XVI. Em 1547 foi-lhe dada uma carta de perdão pelo envolvimento num homicídio, que o forçou a ir para fora do país. Morou em Veneza entre 1569 e 1572, onde realizou um atlas de sete cartas, que se encontra na Biblioteca Nacional de Paris, e uma carta da região do Mediterrâneo, que está na Bibliteca Vittorio Emanuele, em Roma. Viveu igualmente em Inglaterra. Giuseppe Caraci publicou estudos sobre este cartógrafo em Itália, e em Portugal Armando Cortesão desempenhou a mesma missão, no seu trabalho Cartografia e cartógrafos portugueses do século XV e XVI.
Conhecem-se obras deste cartógrafo entre 1557 e 1576, algumas referentes a monumentos de diversos países, entre os quais não se inclui Portugal. Os seus trabalhos foram muito considerados e empregues para a elaboração de obras relacionadas com a cartografia.
Como referenciar: Diogo Homem in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 21:15:06]. Disponível na Internet: