Dióscoro

Este diácono natural de Alexandria foi eleito por sessenta eclesiásticos no mesmo dia da tomada de posse de Bonifácio II, a 22 de setembro de 530, que tinha sido designado por São Félix IV. Esta indicação contrariou o Senado e os presbíteros, uma vez que não lhes possibilitava o exercício do direito de voto na eleição do novo pontífice.
Com a morte de Dióscoro, a 14 de outubro do mesmo ano, sem sequer ter sido consagrado, foi geral a aceitação de Bonifácio II. Este convocou um sínodo para declarar Dióscoro antipapa e impor aos sessenta presbíteros discordantes da sua nomeação por Félix IV o voto de fidelidade.
A memória deste antipapa, que se tinha destacado ao longo da sua vida pelo empenho com que atacou o monofisismo, foi reabilitada por São Agapito I.
Como referenciar: Dióscoro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-23 23:53:17]. Disponível na Internet: