Don Kikas

Músico angolano, Don Kikas, nome artístico de Emílio Camilo da Costa, nasceu a 4 de janeiro de 1974, em Sumbe, na província de Kwanza Sul (Angola).
Emigrou para o Brasil, onde permaneceu até aos 6 anos, regressando, posteriormente, a Angola. Aos 8 anos, compôs a sua primeira canção, revelando uma nata vocação para a música e profissionalizou-se em 1993.
Radicado em Portugal, Don Kikas possui a seguinte obra discográfica: Sexy Babi (1995); Pura Sedução (1997), com o qual ganhou um disco de prata; Xeque Mate (2000), com um disco de ouro; e Raio-X (2003). A sua música, influenciada pelo kizomba, zuke, semba e ritmos brasileiros, aborda as temáticas do amor e das problemáticas sociais relacionadas com o povo angolano.
Considerado um dos cantores cimeiros da música moderna angolana, Don Kikas tem ganho projeção internacional ao atuar em alguns países estrangeiros, como o Brasil, onde cantou com Gilberto Gil, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, entre outros. Os seus principais inspiradores musicais são Bonga, Filipe Mukenga, Waldemar Bastos, Stevie Wonder, Djavan e Martinho da Vila.
Como referenciar: Don Kikas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-23 16:56:56]. Disponível na Internet: