Donna Karan

Estilista norte-americana, nasceu em 1948, em Nova Iorque, com o nome de Donna Faske. Donna, que era filha de uma manequim e de um vendedor de roupa, desde muito cedo se interessou pela moda. Ainda durante o liceu teve um trabalho de verão como estagiária da estilista Liz Clairborne.
Depois de ter frequentado uma escola de design em Nova Iorque, foi trabalhar com Anne Klein, confecionando roupa desportiva de preços acessíveis. Com apenas 23 anos, já era sócia da casa Anne Klein, onde desempenhava a função de desenhadora. O seu trabalho na Anne Klein tornou-se ainda mais importante quando a fundadora morreu em 1974. A partir dessa altura, Donna passou a partilhar com Louis Dell'Olio a responsabilidade de desenhar as coleções da etiqueta Anne Klein.
Dez anos mais tarde, Donna, com a ajuda do marido, resolveu criar a sua própria marca e assim apareceu a Donna Karan New York que apresentou as primeiras coleções em 1985. As roupas da Donna Karan combinavam cortes elaborados com outros de estilos mais desportivos, de modo a serem, simultaneamente, práticas e luxuosas. Logo nesse ano, Donna Karan foi nomeada como melhor estilista pelo Conselho dos Desenhadores de Moda da América, feito que repetiu em 1990. As suas criações foram muito elogiadas e atingiram grandes vendas em todo o mundo, principalmente porque as roupas se destinavam a mulheres comuns.
Entretanto, em 1988, lançou a linha DKNY, menos dispendiosa e destinada a um público mais jovem, que foi feita a pensar na filha da própria estilista. Donna reparou que as raparigas mais jovens também gostariam de vestir roupas com estilo e desse modo começou a confecioná-las a preços mais acessíveis.
Donna Karan baseou o seu sucesso no jeito para desenhar roupas confortáveis mas com estilo e também na sua propensão para o negócio, já que se revelou uma excelente empresária, que nunca teve medo de arriscar.
A sua empresa, com mais de 2000 trabalhadores, teve sede em Nova Iorque durante muitos anos e lojas um pouco por todo o mundo, produzindo roupa de homem, jeans, acessórios, perfumes e cosméticos. No ano 2001, a casa Donna Karan foi vendida à LVMH (Louis Vuitton Möet Hennessy), que decidiu mudar a empresa para Itália.
Como referenciar: Donna Karan in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-30 07:31:37]. Disponível na Internet: