Doutrina Monroe

Ideias preconizadas pelo quinto presidente dos Estados Unidos, James Monroe (1758-1831), que governou a União entre 1817 e 1825, apesar de ter sido eleito ainda em 1816. A sua administração pautou-se pela tentativa de restrição da escravatura e pela sua ação relativamente à política externa, pela qual ficou conhecido, elegendo como máxima: "A América para os americanos". A sua ideia base era o isolacionismo do continente americano face à Europa e a defesa da América do Sul face aos sucessivos embates colonialistas europeus, principalmente por parte da França, Inglaterra, Rússia e Espanha. Esta doutrina, promulgada aquando da insurreição das colónias espanholas, irá ser seguida como política base, levando à hegemonia dos Estados Unidos sobre todo o continente americano. Às suas sequelas se deve a participação dos Estados Unidos no Tratado de Berlim e na Primeira Grande Guerra.
Como referenciar: Doutrina Monroe in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 11:17:41]. Disponível na Internet: