Dr. Dre

Rapper e produtor norte-americano, nascido Andre Young a 18 de fevereiro de 1965, em Los Angeles, Califórnia. Foi durante a década de 80 que realizou as suas primeiras atuações em festas e discotecas de Los Angeles, nessa altura em conjunto com a World Class Wreckin' Cru. Em 1986, conheceu Ice Cube, com quem começou a escrever canções, que foram posteriormente editadas pela editora Ruthless Records, uma editora subsidiária da Priority, fundada por Eazy-E, que tentou que uma das composições da dupla, intitulada "Boyz N the Hood", fosse dada a conhecer ao mundo pela mão do grupo HBO. Depois de ouvir um não como resposta, Eazy formou o coletivo N.W.A. (Niggaz With Attitude), em conjunto com Dr. Dre e Ice Cube, cujo álbum de estreia, N.W.A. and the Posse, chegou aos escaparates em 1987.
Sem qualquer apoio por parte da imprensa no que toca à divulgação, os rappers editaram o seu segundo álbum no ano seguinte, que acabou por lhes dar alguma notoriedade, graças à polémica causada pelas letras de vários dos seus temas, caso de "Fuck tha Police", que deu origem ao envio de uma carta por parte do FBI à Ruthless, onde foi pedido ao trio algum cuidado daí para a frente.
Ice Cube seguiu caminho em 1989, deixando para trás os N.W.A., devido a alguns desentendimentos de ordem financeira. A saída do rapper não trouxe problemas de maior à continuação do percurso do grupo, que viu os seus dois discos seguintes, nomeadamente o EP 1000 Miles and Runnin' (1990) e o álbum de 1991 Efil4zaggin ("Niggaz 4 Life", ao contrário) chegar aos lugares cimeiros das tabelas de vendas norte-americanas.
Em 1992, numa altura em que os N.W.A. estavam no auge da sua carreira, Dre seguiu o exemplo de Ice Cube ao abandonar o grupo para fundar a Death Row Records, em conjunto com Suge Knight. Nesse mesmo ano, editou o seu primeiro single a solo, "Deep Cover", o primeiro de muitos que ajudaram à divulgação das sonoridades G-Funk. Esse single marcou também a primeira das várias colaborações realizadas por Dre com Snoop Dogg, que conheceu através do seu meio-irmão, Warren-G, e que colaborou no multi-platinado álbum de estreia a solo de Dre, The Chronic, editado em 1992.
Foi também por essa altura que Dre começou a dedicar-se à produção, tendo realizado trabalhos para Snoop Dogg ("Doggystyle", 1993), Warren G ("Regulate", 1994) e Blackstreet ("Blackstreet", 1994).
Em 1996, depois da Death Row ter editado o álbum de 2 Pac, "All Eyez On Me", que contou inclusivamente com a colaboração de Dre no tema "California Love", o rapper voltou a dar um passo em frente, colocando um ponto final na sua relação com a editora, depois de prever a morte do gangsta rap.
Formou então o projeto Aftermath, para o qual editou, também em 1996, o álbum "Dr. Dre Presents... The Aftermath", que, apesar de ter sido alvo de alguma atenção por parte dos media, e de incluir o hit "Been There Done That", não conseguiu grandes resultados em termos de vendas.
Em 1999, o terceiro álbum de Dre, 1999, viu a luz do dia e, em 2001, foi reeditado em versão clean o registo que marcou a estreia do rapper em nome próprio.
Como referenciar: Porto Editora – Dr. Dre na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-26 20:18:50]. Disponível em