dureza de Brinell

A dureza de Brinell consiste numa escala para a medição de dureza dos metais. Esta foi construída por volta de 1900 pelo engenheiro sueco Johann August Brinell (1849-1925).
Nos testes da dureza de Brinell um penetrador esférico endurecido é aplicado à superfície do metal a ser testado exercendo sobre este uma força. O diâmetro do penetrador de aço endurecido varia de 2,5 milímetros a 10 milímetros. As cargas padrão variam entre 500 e 3000 quilogramas em incrementos de 500 quilogramas.
Durante a realização de um teste, a carga é mantida constante durante um intervalo de tempo especificado. Os materiais mais duros necessitam de maiores cargas aplicadas.
O número de dureza de Brinell (HB) é uma função tanto da intensidade da carga aplicada, como do diâmetro da penetração resultante. Este diâmetro é medido com um microscópio especial de baixa potência, utilizando uma escala que está impressa na ocular.
O diâmetro medido é então convertido ao número apropriado HB usando um gráfico onde apenas uma escala é utilizada com esta técnica.
Nestes testes são exigidos requisitos de máxima espessura da amostra bem como a posição de penetração relativamente às arestas da mesma e de um espaçamento mínimo entre penetrações. Além disto, é ainda necessário uma penetração muito bem definida, o que obriga a ter uma superfície plana na qual aquela será realizada.
Como referenciar: dureza de Brinell in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-03-03 02:18:51]. Disponível na Internet: