Ecos de Aljubarrota

Poema nacionalista, anti-iberista, onde a intenção patriótica se sobrepõe ao cuidado artístico: "os versos que vão ler-se não valem nada como versos; como expressão dum sentimento político, valem muito, porque são o protesto duma alma".
Como referenciar: Porto Editora – Ecos de Aljubarrota na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-19 09:07:15]. Disponível em