Eduard Bernstein

Político alemão, nascido em 1850 e falecido em 1932, de ideologia social-democrata, aderiu ao SPD em 1872. Defendeu o estabelecimento do regime democrático na Alemanha e acreditava na sua unidade. Foi um firme opositor da legislação repressiva e antissocialista de Bismarck. "Pai do Revisionismo", foi expulso da Alemanha e da Suíça, mas continuou a publicar o jornal clandestino do SPD e onde conheceu Engels e os Fabianos. Quando regressou à Alemanha, desenvolveu a sua teoria do Socialismo, que via o colapso do Capitalismo como inevitável e manifestou o seu repúdio à burguesia, mas rejeitou o Marxismo radical de Kautsky. Tornou-se membro do Parlamento entre 1902 e 1928. Opôs-se ao apoio que o SPD deu à Primeira Guerra Mundial, abandonando o partido. Quando terminou a guerra, regressou à vida política como ministro das Finanças.
Como referenciar: Eduard Bernstein in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-21 16:27:30]. Disponível na Internet: